NOTÍCIAS


Camila desabafa sobre atitudes de Lucas: ‘Não durmo em noite de festa do BBB 24’

O pesadelo de Camila Moura, graças as atitudes de seu ex-marido Lucas Henrique dentro da casa do BBB 24. A professora gravou um longo vídeo relatando seus sentimentos frente as posturas lamentáveis do capoeirista dentro do jogo.

Entre as frases mais marcantes, Camila confessa sobre o gatilho que as noites de festa exercem sobre ela e fala sem medo sobre seus sentimentos ao ver Buda falando sobre detalhes do casamento, coisas íntimas que poucas pessoas sabiam e hoje circula pelos quatro cantos.

Vamos à alguns trechos mais marcantes do depoimento de Camila:

“Essas últimas noites, eu sento que as noites são muito difíceis. Continuo dormindo com auxílio, medicamento… De manhã, quando eu acordo é pauleira, sabe?”, diz a professora no início de seu depoimento.

Lucas e Pitel - BBB 24

Evitando gatilhos

“Eu não fico aparecendo muito aqui, né, pra mostrar o lado B das coisas. Porque, senão, toda história ia ser alerta de gatilho. Porque eu sei que muitos de vocês que me acompanham passaram, passam, estão passando por situações parecidas, né? Desagradáveis como a minha, eu quero ficar me aprofundando nisso. Quero mostrar pra vocês a minha força, mas nem todo dia eu tô forte. […] Nem toda noite quando eu desligo o celular pra dormir eu tô bem.”

Lucas tenta morder Pitel e leva fora

Movida pela solidariedade

“Todas as mensagens que eu recebo são de apoio, são de carinho. Toda gente, 100% das mulheres que me encontro na rua, que pedem pra que me abraçar, que me dêm força, falam que estão comigo. […] Saber ficar nessa solidariedade é o que me motiva.”

Terror nas noites de festas

“Eu não durmo em noite de festa do Big Brother, mesmo não acompanhando a festa. Eu tenho pesadelos constantes. É horrível. Parece um filme de terror, sabe?

Que nunca acaba. Que a pessoa sempre abre a porta entrando no quarto escuro e a assombração tá lá, sabe?.”

Lucas e Pitel - BBB 24

Crises de ansiedade

“Acho que eu nunca tive tantas crises de ansiedade seguidas como eu tenho tido ultimamente, né? Porque é um lance que não acaba. É um trauma que não fecha.”

Detalhes íntimos

“Quando eu tava indo pro Rio, né, eu tive uma crise de ansiedade no aeroporto.

Após ver um vídeo do inominável falando pro Brasil problemas anteriores do nosso casamento, que pouquíssimas pessoas sabiam. E eu me senti tão humilhada, tão constrangida, tão vulnerável.”

Atendimento médico no aeroporto

“Eu tive uma crise no aeroporto. Fui atendida pelo pessoal do hospital, do aeroporto. Foram todos muito gentis, muito acolhedores. Saí de lá disfarçada, me ajudaram a botar máscara, boné e óculos pra sair do posto médico.”

Sofrimento diário

“Tipo, quando eu tô na crescente, acontece uma m*rda, eu recebo um vídeo, uma notícia… é isso. Sigam segurando na minha mão, sigo segurando na mão de Deus, sacudindo a poeira, todo dia é isso. Levanta, sacode a poeira, brilha, acordou pra quê? Acordou pra vencer”.

Nem só glamour

“Só senti que eu precisava desabafar a gente um pouco. com vocês porque eu sinto muito acolhimento de vocês, meninas, que me mandam mensagem. E eu não acho justo ficar mostrando só o glamour, né?.”

Fé no futuro

Mas é a vida, né? Dia de luta, dia de glória. Dia de luta, luta, luta, luta, luta, luta, luta.

Aí vem dia de glória. Ou melhor, noite de luta, luta, luta, manhã de glória. Vamos vencer. Vamos vencer essa porra”, terminou .




23/03/2024 – Manhã da Diário

COMPARTILHE

SEGUE A @MANHADADIARIO

(96) 99122-6978

contato@manhadadiario.com.br

NO AR:
A HORA DO PEÃO - MANHÃ DA DIÁRIO