NOTÍCIAS


Globo será processada por Sindicato dos Artistas

O Sindicato dos Artistas e Técnicos do Rio de Janeiro (Sated/RJ) anunciou que vai processar a Globo devido aos baixos valores pagos aos atores pelas reprises das novelas. O assunto veio à tona na quarta-feira, 3 de julho, quando Mateus Solano, que não possui mais contrato fixo com a emissora, usou as redes sociais para criticar a remuneração.

“Quanto será que o Canal Viva vai faturar? E nós, os intérpretes? Direito autoral não é favor”, disse o ator, protagonista de “Viver a Vida”, de 2009, que será reexibida.

O assunto gerou um burburinho grande e Hugo Gross, ator e presidente do Sated/RJ, afirmou que a Globo “vem tratando a categoria com muito desdém os profissionais que fizeram a emissora ser campeã de audiência”. Ele ainda completou que o sindicato vai “lutar com unhas e dentes dentro da esfera judicial” pelos direitos dos artistas.

Além de Solano, Sergio Marone colocou um “tempero” a mais à polêmica.

“Novelão! Que também fez sucesso por causa dos atores. Quanto será que os atores vão ganhar com essa reexibição? Porque o Canal Viva vai faturar bastante”, postou.

Vale lembrar que Kadu Moliterno e Maria Zilda já chegaram a falar abertamente sobre os valores “muito baixos”, que receberam por reprises. O ator contou que ganhou apenas R$ 300 por uma novela vendida a 10 países e a atriz detalhou ainda mais, quando revelou o valor de R$ 237,40 pela reexibição de “Selva de Pedra” no Viva.

Outra artista que viveu situação ainda pior foi Lucélia Santos, que já esteve em “Escrava Isaura”, “Sinhá Moça”, “Ciranda de Pedra” e diz ter nunca recebido “um centavo” pelas vendas e reexibições da trama.

Globo responde às críticas

A Globo emitiu um comunicado afirmando que efetua todos os pagamentos referentes aos direitos autorais e conexos devidos a autores, diretores e atores, em obras reexibidas ou exibidas nos canais pagos e no Globoplay, de acordo com os contratos celebrados com cada um.

A emissora ainda destacou a importância da preservação dos direitos de propriedade intelectual, dos quais é uma grande defensora.




06/07/2024 – Manhã da Diário

COMPARTILHE

SEGUE A @MANHADADIARIO

(96) 99122-6978

contato@manhadadiario.com.br

NO AR:
MD DIGITAL - MANHÃ DA DIÁRIO