NOTÍCIAS


Kanye West afirma que revista Playboy o afetou para o resto da vida

Depois de confirmar que vai abrir seu próprio estúdio de filmes para adultos, a Yeezy Porn, Kanye West abriu o jogo sobre pornografia em uma nova entrevista com Zane Lowe na Apple Music Beats 1 Radio.

O cantor confessou que seu primeiro contato com esse tipo de conteúdo foi ainda na infância, quando encontrou uma revista “Playboy”, do seu pai.

“Para mim, a Playboy foi minha porta de entrada para o vício total em pornografia”, afirma. “Meu pai deixou uma Playboy de fora aos cinco anos e isso afetou quase todas as escolhas que fiz para o resto de minha vida”, justifica.

“Desde os cinco anos até agora, tenho que largar o hábito e ele simplesmente se apresenta abertamente como se estivesse tudo bem e eu me levanto e digo: ‘Não, não está tudo bem’”.

Vício Descoberto

O fundador da Yeezy – pai de North, 10, Saint, oito, Chicago, seis e Psalm de quatro anos com Kim Kardashian – também tem um vício em sexo, que ele admitiu ter surgido após a morte de sua mãe Donda West em 2007.

Ele disse a Zane: “Acho que quando as pessoas são viciadas em algo como, se você perguntar a alguém que é viciado em drogas, é como se você dissesse: ‘Você ainda é viciado?’ Bem, sim, você desliga, na verdade”, explica.

“É como se, com Deus, eu fosse capaz de vencer coisas que tinham controle total sobre mim. Mas, aquela Playboy que eu encontrei quando tinha cinco anos estava escrita por toda parte”, confessa.

“É como se isso fosse um roteiro da vida de uma estrela do rock (…) e eu disse: algumas pessoas se afogam em drogas. E eu me afoguei no meu vício [em sexo]”, comenta.

Agora isso vem a tona novamente, com seu questionável novo empreendimento: ter sua própria plataforma de conteúdo explícito.

Ye também admitiu recentemente que gostaria de fazer um trio com a ex-primeira-dama Michelle Obama e sua esposa.




28/04/2024 – Manhã da Diário

COMPARTILHE

SEGUE A @MANHADADIARIO

(96) 99122-6978

contato@manhadadiario.com.br

NO AR:
MD DIGITAL - MANHÃ DA DIÁRIO