NOTÍCIAS


Roberta Medina rebate Anitta após farpas contra ‘Rock in Rio’

Na última edição do Rock in Rio, em 2022, Anitta não se apresentou, e teceu diversas críticas ao festival lembrando a sua apresentação no evento em 2019, quando abriu o Palco Mundo. Quase dois anos depois, as falas da cantora seguem a repercutir.

Neste sábado, 15 de junho, é o primeiro dia do Rock in Rio Lisboa, e durante coletiva de imprensa do evento, Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio e filha de Roberto Medina, criador do festival, rebateu as falas de Anitta feitas no Twitter, e refletiu sobre amadurecimento.

“Quando terminou o Rock in Rio 2022 a Anitta brigou com o Rock in Rio. Por quê? A gente nem tinha a Anitta no Rock in Rio. Se me perguntar se eu quero Anitta no Rock in Rio, aqui está de portas abertas. Agora, não foi legal? Não foi legal. Mas cada ano é um ano, cada momento é um momento”, disse ela.

“A gente como pessoa amadurece, por que as relações não podem amadurecer? Eu acho que a gente fica um tempo de bode. Acho [a fala dela] forte e precipitada, porque eu não vejo isso acontecer. Acho absolutamente desnecessário, mas eu acho que a gente erra, a gente amadurece, e isso vale para todos os lados”, afirmou Roberta rebatendo Anitta.

“Dizer nunca, para sempre… Isso não existe. Amor, alegria. A gente está falando de um espaço que, acima de tudo, é um mega laboratório social. As pessoas se respeitam. E eu acho que a gente possa reverberar amor. Se precisar fazer as pazes, a gente faz as pazes”, concluiu a executiva, por fim.

Relembre as falas de Anitta sobre o Rock in Rio

Em seu Twitter, Anitta declarou: “Meu amore… eu JAMAIS mandaria indireta para nenhuma pessoa do funk. Se você acompanhasse meu trabalho, veria eu dizendo em entrevista que só fui ao ‘Rock in Rio’ em Portugal porque sei que os portugueses estavam esperando há muito tempo, e ficariam chateados se eu não fosse”.
“Eu não piso neste festival nunca mais. Só se um dia eles resolverem dar aos artistas que falam português o mesmo respeito que dão aos estrangeiros. Pergunte aos mais corajosos como são tratados quem é do Brasil e como é tratado quem é de fora”, afirmou a arista, em suma.

“É como se estivessem fazendo um grande favor por colocar a gente lá, e a gente que se humilhe a qualquer condição deles pra dar tudo certo pros estrangeiros. Meu papel eu cumpri e estou feliz pelo fato de que eles tiveram que engolir o funk, no fim das contas. Só esperei o último dia pra falar sobre porque sabia que ainda vinha muito mais funk do bom pela frente”, declarou a cantora, em seguida.

“E sim, vou sempre celebrar minha própria luta e esforço publicamente vocês queiram quer não. É importante pra mim lembrar sempre da dor das minhas lutas pra sentir que posso descansar em paz tendo cumprido meu papel. E se você discorda, tudo certo também”, concluiu Anitta por fim.




16/06/2024 – Manhã da Diário

COMPARTILHE

SEGUE A @MANHADADIARIO

(96) 99122-6978

contato@manhadadiario.com.br

NO AR:
MAIS MAIS BRASIL - MANHÃ DA DIÁRIO